Cabelos

Qual seu tipo de calvície?

Você sabe qual é o seu tipo de calvície? Como é que se classifica na escala de Norwood-Hamilton? Sobre isso que vamos falar aqui.

Todo homem tem as famosas “entradas”, em alguns casos maior ou menor intensidade. O motivo dessa falta de cabelo nessa região vem da origem embriológica, ou seja, quando eramos somente um feto, um embrião na barriga da nossa mãe, pois a formação vem da questão ectodérmica, do folheto embrionário. Então, você nunca verá um homem calvo na região lateral, somente na região de cima. Inclusive a escala de Norwood-Hamilton só expressa calvície na região superior.

Entendo a calvície

tipos de calvície

O tipo 1, muito menor ou nenhuma recessão da linha de cabelo, não há necessidade de tratamento. É o cabelo normal, pessoa que tem bastante cabelo.

Na classificação do tipo 2, as áreas triangulares simétricas de recessão na área temporal frontal. A perda de cabelo permanece à frente de uma linha de vários centímetros na frentes das orelhas. Nesse estágio, já começa as “entradinhas”, cabelo já começa a ficar mais ralo, necessitando de uma atenção.

A maioria dos cabelos na fase 3 tem uma recessão profunda simétrica que mostra nos templos que são nus ou apenas escassamente cobertos pelo cabelo. Com o vértice do estagio 3, a coroa é acionada porque é uma ocorrência comum com a idade. Já observa a evolução das “entradas”, nesse caso a pessoa já deve estar tratando, usando medicamentos.

Em alguns casos a pessoa vai adquirindo a calvície conhecida como “coroa”, no modo mais técnico, na região do vértex. Essas pessoas têm que estar atento a essa região também.

Na classificação 4, a recessão nas áreas temporais da frente é mais grave do que o estágio 3. Existe uma falta decisiva de cabelo na coroa. Uma faixa de cabelo moderadamente denso que se estende através do topo separa as duas áreas da perda de cabelo entre o temporal da frente e a coroa.

Já no estagio 5, a perda de cabelo na região do vértice está separada da região temporal da frente, mas a divisão é muito menos distinta. A faixa de cabelo que se estende através da coroa é visivelmente mais estreita e mais fina. A perda de cabelo no vértice e as regiões temporais da frente são maiores. No termo mais popular, a calvície do vértex começa a se conectar com a região frontal.

No grau 6 e 7, a ponte de cabelo que uma vez cruzou a coroa já foi perdida com apenas os cabelos esparsos restantes. As regiões frontal temporal e vértice estão agora juntas em uma área. A perda de cabelo nos lados se estendeu ainda mais.

Tipos de calvície Feminina

calvície feminina

A calvície feminina (CF) pode surgir em qualquer fase da vida, sendo mais comum após os 40 anos de idade, próximo à menopausa. Nesta fase, ocorre um afinamento, enfraquecimento e queda dos fios, levando à rarefação capilar, podendo atingir graus mais avançados com o aparecimento da pele glabra do couro cabeludo.

A testosterona livre na mulher é em torno de 1% e qualquer alteração que eleve a concentração deste hormônio na corrente sanguínea provoca distúrbios na pele e no pelo. O excesso de testosterona na mulher pode causar queda de cabelo, acne, seborreia, distúrbios menstruais, hirsutismo, virilismo, hipertrofia muscular e hipertrofia do clitóris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *